EXAME DA OAB É UMA FARSA!

Muita gente não sabe, existe uma grande máfia por trás do Exame da OAB. A mídia esconde a verdade, e muitos veículos alternativos não sabem de nada. Por que Portugal no início de 2011 acabou com esse tipo de Exame? Abaixo reproduziremos matéria escrita por Antonio Carlos Coutinho dos Santos – O Direito de advogar do Bacharel em Direito.
MASSACRE NO EXAME DE ORDEM 2010.3 DA OAB
De acordo com notícia veiculada no Portal R7 , apenas 9,74% dos examinandos inscritos no exame ordem 2010.3 conseguiram aprovação, significando reprovação em massa de 90,26% de um total de 116 mil inscritos no certame.

As estátisticas comprovam que este exame foi o mais difícil de todas as edições conduzidas, até o presente momento, pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).
Estão tentando atribuir a culpa pelo mal desempenho dos examinados no exame de ordem 2010.3 às respectivas instituições de ensino superior de origem, mediante divulgação de lista associando-as ao quantitativo de examinandos presentes nas duas fases do certame e a quantidade de reprovados.
Temos que tomar cuidado para filtrar corretamente as informações que chegam a nós, pois na lista divulgada pela OAB verifica-se que foi irrisória a quantidade de examinandos presentes reprovados no exame de ordem 2010.3 em relação às respectivas instituições de ensino superior de origem, as quais estão atribuindo “nota zero”.
Para demonstrar maior transparência, seria interessante que a OAB divulgasse tabela de desempenho dos examinandos na segunda fase, evidenciando a quantidade de inscritos presentes por área de opção e a quantidade de aprovados em cada uma dessas áreas.
É possível que a maioria dos examinandos que realizaram a prova prático-profissional trabalhista do exame da OAB 2010.3 tenha sido reprovada, tendo em vista a inobservância dos princípios da razoabilidade, proporcionalidade e isonomia.
Registra-se que os professores de Direito do Trabalho do Portal Exame de Ordem já haviam mencionado o descumprimento de tais princípios.
Fica a sugestão àqueles que resolverem ingressar com processo judicial contra OAB, visando à anulação da prova prático-profissional trabalhista do exame de ordem 2010.3, para incluir entre os pedidos que a OAB forneça demonstrativo contendo a quantidade de inscritos presentes por área de opção e a quantidade de aprovados em cada uma dessas áreas, objetivando caracterizar
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: