Governador de SC contrata empresa por r$ 3,9 milhões para dizer o que todos sabem…

Toda segunda-feira o chamado Comitê de  Gestão Hospitalar do governo do Estado tem se reunido com representantes  da Consultoria Roland Berger, que trabalha para mudar o modo de  administração dos 14 hospitais. Até setembro, terminará a fase de  análise e acompanhamento e terá início a implementação das mudanças. Não  está descartada, por exemplo, a mudança de boa parte das direções dos  hospitais.

Mesmo antes de iniciar o trabalho, a Roland Berger  apresentou uma visão externa, com bases em dados públicos, da situação  do sistema hospitalar administrado pelo Estado. O próprio governador  Raimundo Colombo definiu este trabalho como um diagnóstico, deveras de  um paciente bem doente.

A consultoria internacional assinou em  maio um contrato por inexigibilidade com o governo catarinense, pelo  qual receberá R$ 3,9 milhões dos cofres da Secretaria da Fazenda. Terá a  incumbência de realizar em cinco meses a mudança no conceito de gestão.  E ainda fazer um acompanhamento posterior , onde aprofundará o  diagnóstico e sua adequação à realidade dos hospitais.

As medidas  podem ser emergenciais, quando da necessidade de instalar um determinado  equipamento ou viabilizar a contratação de um determinado serviço, e,  mais tarde, as estruturais. Daí virá a definição sobre a passagem da  gestão a profissionais, que até podem ser médicos, mas haverá a  exigência de requisitos mínimos para quem atuar na direção das unidades  mesmo se passadas a organizações sociais.

roberto azevedo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: