Trabalho infantil no Brasil cai 67%

 

Durante a III Conferência Global sobre Trabalho Infantil, que começou hoje em Brasília, a ONU através da Organização Internacional do Trabalho (OIT) apresentou um documento com dados positivos sobre a situação do trabalho infantil na América Latina e Caribe. Se na América Latina e Caribe, entre os anos 2000 e 2012, a redução de crianças entre 5 e 14 anos trabalhando foi de 9,2%, no Brasil a queda foi de 67%. É uma redução significativa, já que no mundo, a taxa geral dessa redução ficou em 37%.

O documento da OIT conclui que essa melhoria se deu devido a maior oferta de empregos e uma ação efetiva dos poderes públicos com as políticas de distribuição de renda.

A conferência foi organizada pelo governo brasileiro e a Organização Internacional do Trabalho (OIT), junto com outras agências das Nações Unidas e entidades dedicadas à defesa dos direitos humanos e aos direitos da infância particular. De acordo com Elena Montobbio, coordenadora do IPEC (Programa Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil) da América Latina, é a primeira que vez que as agências produzem um documento para analisar esses dados e buscar soluções para que o trabalho infantil seja erradicado na região. O evento termina na quinta-feira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: