Aécio Neves-PSDB é contra transparência nas campanhas…

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado rejeitou nesta quarta-feira, 6, uma proposta para que sejam divulgadas periodicamente na internet a lista de doadores de campanhas políticas. O placar foi apertado, 10 votos contrários e 9 a favor. O presidente do PSDB e provável candidato a Presidência, senador Aécio Neves (MG, foto abaixo), foi um dos que votaram contra a proposta.

O texto, de autoria do senador Pedro Taques (PDT-MT), determinava que, durante a campanha, candidatos, partidos e coligações eleitorais teriam de divulgar na internet a lista dos doadores de campanha e seus respectivos valores doados em cinco datas: nos dias 21 de julho, 6 de agosto, 21 de agosto, 6 de setembro e 21 de setembro. A proposta previa multa de até R$ 10 mil pelo descumprimento da medida, valor que pode ser dobrado em caso de reincidência.

 

fonte: estadão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: