Archive for fevereiro \27\UTC 2013

Jovem é enterrada viva após estupro coletivo!

fevereiro 27, 2013

Uma jovem de 19 anos sobreviveu depois de sofrer um estupro coletivo e ser enterrada viva na cidade de Pacoti, no Ceará. Segundo a Polícia Civil, o ex-marido e dois homens teriam cometido o crime. Uma irmã da vítima a encontrou em uma cova rasa na última sexta-feira (22).

Ela está internada no hospital Instituto Dr. José Frota, mas não corre risco de morte. A unidade informou que ela sofreu um traumatismo craniano e apresenta uma desorientação mental em alguns momentos.

A jovem teria saído de casa para lavar roupa, mas como demorou em retornar, a irmã saiu para procurá-la. Ela contou que viu apenas uma mancha de sangue no local em que a vítima deveria estar e começou as buscas na região. Ela avistou depois de duas horas de procura o pé da irmã para fora da cova rasa. O corpo dela estava todo coberto por folhas.

A vítima acordou somente no dia seguinte e contou à polícia o que aconteceu. Ela tem um filho com o suspeito e o motivo da agressão seria a cobrança por pagamento de pensão. O homem está foragido.

fonte: r7

Anúncios

Jandir Bellini é o novo Deus de Itajaí….

fevereiro 27, 2013

nesta noite de terça-feira tivemos o show de horrores da votação do aumento da tarifa da Coletivo Itajaí, enviada pelo prefeito Jandir Bellini, pra… “resolver as pendengas” trabalhistas da empresa, ou seja, segundo argumento do prefeito, pra eles poderem dar aumento pros funcionários da Coletivo. jandir coletivo aumentoargumento derrubado pelos vereadores da oposição, e que nem fizeram cócegas nos vereadores governistas, que preferiram, dizem as más línguas, manter seus carguinhos dentro da prefa e votar de acordo com o que a Bellinilândia mandasse. o tal voto de cabresto disfarçado de democracia, e que não sente a menor preocupação com o que o povo pensa ou quer para si. aliás, eles simplesmente fingem que foram eleitos PELO POVO. bem, na verdade, foram, né? então, tá. eles têm razão em fazerem o povo de palhaço, neste momento, pois, não foi por falta de aviso. ou foi? talvez tenha sido por falta de aviso mesmo, porém, o estrago está feito e o itajaiense agora pagará uma das MAIS ALTAS TARIFAS NO TRANSPORTE PÚBLICO DO BRASIL, e isso tudo, SEM O TRANSPORTE INTEGRADO, que, segundo um representante do município numa das reuniões com os vereadores, disse que só não aconteceu ainda por CULPA DA PREFEITURA de Itajaí.

repetindo: teremos uma das maiores tarifas no transporte público municipal SEM TER NEM MESMO O TRANSPORTE INTEGRADO por culpa da prefeitura!!!! e basta olhar a maioria dos pontos de ônibus e frota dos mesmos para notarmos que NEM ISSO pode ser usado como desculpa pra meter esta tarifa absurdamente alta no lombo do povo.

mas, esperar o que de um governo que NUNCA se preocupou realmente com o povo???? o que esperar de um governo que vive apenas de aparências guiadas por publicitários muito bem pagos com o nosso dinheiro?

isso.

só pra finalizar, votaram CONTRA O AUMENTO os vereadores Thiago Morastoni (PT), Giovani Felix (PT), Anna Carolina (PRB), Professor Acácio (PSDB), Oswaldo Mafra (PDT) e Clayton Batschauer (PR). os outros vereadores do PP, PSD, um do PDT, todos do PMDB, DEM, PPS, PRP, votaram no cabresto do Jandir Bellini.

romulo mafra

PSDB de Minas faz farra com o dinheiro do povo…

fevereiro 25, 2013

Leio hoje nos jornais duas informações que mostram bem o estilo tucano de governar e lidar com o dinheiro público, contrariando mais uma vez toda a retórica que o PSDB e, agora principalmente, Aécio Neves vêm tentando fazer o eleitor engolir.

A primeira notícia, Folha de S.Paulo, é que o Conselho Nacional de Justiça decidiu não renovar, no ano passado, contrato com a Fundação Renato Azeredo, de Minas Gerais, criada pelo senador tucano Eduardo Azeredo. A entidade tinha sido contratada em 2010, sem licitação, para prestar serviços de comunicação, por R$ 1,6 milhão.

A vigência do contrato era de seis meses, mas passou para um ano e chegou ao valor de R$ 4,2 milhões. O nome da fundação é em homenagem ao pai do senador do PSDB.

A fundação se dizia de notória especialização e foi contratada sem licitação por vários órgãos do governo do PSDB em Minas (curiosamente sem despertar nenhuma atenção da imprensa até agora). A estimativa é de que, de 2002 a 2011 (incluindo dois governos de Aécio Neves), tenham sido transferidos R$ 212 milhões à fundação criada por Eduardo Azeredo.

 

Clique aqui para ler a notícia na íntegra

 

Superávit fantasioso

 

Também chamo atenção para o informe do Sindifisco-MG (Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual de Minas Gerais) publicado hoje em alguns jornais sobre mais uma tentativa tucana de iludir o eleitor. O sindicato diz que o superávit do Estado de Minas de R$ 2,07 bilhões em 2012 é resultado do endividamento mineiro.

“Em Minas Gerais, o alardeado ajuste de contas e déficit zero, como resultado do ‘choque de gestão’, política implementada por Aécio Neves e continuada pelo atual governador, Antonio Anastasia, não passa de falácia. O que é divulgado na mídia e nos discursos oficiais não corresponde à realidade da população mineira, que sofre com o descaso do governo e a carência de serviços públicos de qualidade”, diz o informe.

 

O Sindifisco-MG acrescenta que o comemorado superávit só foi alcançado porque houve ingresso de novos empréstimos de R$ 3,8 bilhões: “Na verdade, esse superávit é superficial, porque não foi conseguido pelo aumento da receita própria e, sim, pelo aumento do endividamento do Estado, por meio de operações de crédito”. Minas continua sendo o segundo Estado mais endividado do país em relação à Receita Corrente Líquida.

“O governo de Minas escolheu um dos piores caminhos para atingir o equilíbrio financeiro. Fechar as contas a custo de empréstimo não é a melhor saída, porque gera um passivo que terá que ser quitado no futuro, comprometendo o orçamento e as políticas sociais do Estado. Se o objetivo é equilibrar as contas, a alternativa mais sensata é investir na Fiscalização e aumentar a receita própria, e não aumentar a dívida do Estado com a aquisição de novos empréstimos”, diz o sindicato.

 

Clique aqui para ler a nota na íntegra

zé dirceu

As manchetes desta segunda-feira

fevereiro 25, 2013

Globo: Sem competitividade – Governo dará incentivos a portos públicos

Folha: Busca pelo poder dividiu a igreja, diz arcebispo

Estado: G-20 avalia barrar entrada de corruptos nos países-membros

Correio: TJ livra condomínio em terra da União de pagar IPTU

Valor: Custos do frete disparam no início da safra de soja

Estado de Minas: A revanche do consumidor

Jornal do Commercio: Timbu dá goleada e Leão segue má fase

Zero Hora: Alta no preço de imóveis é quase o triplo da inflação

Leia os destaques de capa de alguns dos principais jornais do país

Em defesa da Vereadora Anna Carolina!

fevereiro 23, 2013

Não é fácil fazer política no Brasil. Talvez em qualquer lugar do mundo, aliás. O desprendimento da vida exclusivamente privada e a vocação pública são virtudes pouco exaltadas nestes nossos tempos de “livre” manifestação.

Mas porque as aspas, perguntaria algum desavisado? É que escrevo contrariado, sem querer escrever, apenas e tão somente em solidariedade à minha amiga Anna Carolina, porque o anonimato da crítica é aceitável em um mundo de situações, mas é sórdido, ultradireitista e me dá náuseas, quando utilizado como um subterfúgio, como um argumento evasivo para contra atacar a (essa sim), livre manifestação democrática em crítica a avalanche de presentes de grego que foram entregues ultimamente ao povo de Itajaí.

Nós que pagaremos mais caro o IPTU, alvarás e ITBI deste ano. Que recebemos boquiabertos o retorno da tarifa do lixo e o eminente aumento da tarifa do ônibus. Que fomos enganados numa lei de zoneamento fajuta, e em promessas vazias, continuamos emudecidos, inertes enquanto povo. Alguns celebrando ainda a vitória do velho (modelo). Mas com uma certeza: Há quem nos defende e nos defenderá na Câmara Municipal.

E nem sei se a Anna errou. Se errou, que bom, porque tem que errar pra aprender e corrigir. Pra começar a ter consciência de que lutar contra esses caras não é fácil, ainda mais agora que estão todos juntos.

O que sei, que tenho certeza, é que o Gabinete dela está e vai estar entre aqueles que mais trabalham na Câmara, porque conheço o perfil, porque conheço ela não é de hoje, e porque fiquei tão feliz pela sua eleição como fiquei pelos meus companheiros de partido. Quanto a esse e-mail apócrifo e sem graça, ele se esgotará em amargura.

Em frente Anna, Itajaí precisa da tua coragem.

Níkolas Reis

45 fracassos do governo tucano – Aécio Neves

fevereiro 22, 2013

Compare as diferenças. Não há mais pulsos a cortar!

1)   Fragilização do Mercosul.
2)   Ênfase excessiva na dimensão do livre comércio
3)   Baixa ênfase nos aspectos estratégicos e sociais do processo de integração.
4)   Assimetrias comerciais com a Argentina não equacionadas .
5)   Atitude defensiva e protelatória nas negociações daALCA .
6)   Ausência d e proposta alternativa ao modelo da ALCA  ampla norte-americana.
7)   Pouco progresso na integração econômica, política e física da América do Sul
8)    Ausência de iniciativas em relação à África ao Oriente Médio
9)   Ênfase excessiva na relação com os tradicionais parceiros desenvolvidos (EUA , União Européia, Japão etc.)
10)                     Ênfase apenas mediana na formação de novas parcerias estratégicas com países em desenvolvimento.
11)                     Baixa capacidade de geração de espaços comerciais e geopolíticos
12)                     Capacidade de articulação nas negociações multilaterais de comércio apenas mediana.
13)                     Inexistência de projeto consequente para tornar a geografia comercial menos assimétrica
14)                     Protagonismo internacional tímido e declinante
15)                     Exportações: 2002: us $ 60,4bilhões
        (LULA Exportação (2005): us $ 118,3bilhões
16)                     Taxa Anual de Crescimento das Exportações: 4,2%
          Lula – Taxa Anual de Crescimento das Exportações: 25,1%
17) Saldo Comercial Acumulado (8 anos) Deficit us$8,7 bilões
          LULA- Saldo Comercial Acumulado (3 anos)  Superavit  us $103,8 bilhões
18)                     Saldo Acumulado Transações Correntes (8 anos) Deficit us$189 bilhões
          LULA- Saldo Acumulado Transações Correntes (3 anos) Superavit us$ 28 bilhões
19)                     Variação da Dívida Externa Bruta (8 anos)Aumento: us$ 79,3 bilhões
      LULA -Variação da Dívida Externa Bruta(3 anos)Diminuição:us$ 41,9 bilhões
20)                     Dívida Externa Líquida/ PIB  Aumento de 17,4% (1994) para 40,4% (2002)
LULA- Dívida Externa Líquida/pib Diminuição de 40,4% (2002)para 14,7% (2005
21)                     Reservas Internacionais Diminuição de us$38,8 bilões(1994) para us$16,3 bilões (2002)
LULA – Reservas Internacionais Aumento de us$ 16,3 bilões(2002) para us$53,8 bilhões (2005)
22)                     Dívida Líquida do Setor Público Taxa média anual de                                crescimento:24,5%
LULA – Dívida Líquida do Setor Público Taxa média anual de crescimento:4,4%
Evolução em Valores Absolutos:1994: r$ 153,2 bilhões2002: 881,1 bilhões
LULA – Evolução em Valores Absolutos: 2002: r$ 881,1 bilhões2005: r$
1.002,5 bilhões Evolução caso se tivesse mantido a mesma taxa de crescimento do governo fhc 2002:r$881,1 bilhões2005:   r$1.698,3 bilhões
23)                     Relação Dívida Líquida/ PIB  1994: 29,2%2002: 56,5%
              LULA – Relação Dívida Líquida/ PIB  2002: 56,5%2005: 51,7%
24)                     Deficit Público (média anual):6,2% do pib
            LULA – Deficit  Público (média anual):3,4% do pib
25)                     Aumento da Carga Tributária acumulado em 8 anos: 20,3% do PIB   (equivalente a uma média anual de 2,34%
    LULA -Aumento da Carga Tributária acumulado em 3 anos:5,0% do PIB  (equivalente a uma média anual de 1,66%)
26)                     Inflação: média Anual de aumento do ipca: 9,10%
                 LULA: Média Anual de aumento do IPCA :7,52%
27)                     Crescimento do PIB  Média Anual: 2,32%
             LULA – Crescimento do PIB  Média Anual: 2,54%
28)                     Taxa de Desemprego Aberto(Regiões Metropolitanas/ IBGE )1994: 8,65%2002: 11,68%Aumento de 35,0%
     LULA -Taxa de Desemprego Aberto(Regiões Metropolitanas/IBGE )2002: 11,68%2005: 9,83%Diminuição de 15,8%
29)                     Aumento do Emprego formal (caged – Ministério do Trabalho e Emprego)796.000 novos empregos Ano de 2002: 762.000 Média Mensal (pnad )1996/2002: 38.909
Aumento do Emprego formal (caged – Ministério do Trabalho e Emprego)3.422.000 novos empregos Média Anual do Triênio:1.140.667Média Mensal (pnad) 2003/2004: 114.970
30)                     Crédito consignado apenas para funcionários públicos
LULA – Crédito consignado para todos os trabalhadores.Crédito consignado para Aposentados do INSS
LULA – Mais de 6 milhões de contas bancárias simplificadas, isentas de tarifa. Destinação de 2% dos Depósitos à Vista nos bancos para microcrédito com taxa de juros máxima de 2%.Mais de 7,5 milhões de contratos de microcrédito
31)                     Nenhuma obrigação de destinar parte dos recursos do sistema bancário para o microcrédito
LULA- Destinação de 2% dos Depósitos àVista nos bancos paramicrocrédito com taxa de jurosmáxima de 2%.Mais de 7,5 milões de contratosde microcrédito.
32)                     Recursos federais para Habitação no último ano de governo: r$ 5,2 bilhões Atendimento Habitacional para famílias com renda de até 3 salários-mínimos = 32%Média Anual de Unidades habitacionais Financiadas: 238 mil
LULA – Recursos federais para Habitação no último ano de governo: r$ 10,3 bilhões (projeção) Atendimento Habitacional para Famílias com renda de até 3 salários mínimos = 46%Média Anual de Unidades habitacionais Financiadas: 397 mil.
33)                     Média anual de Assentamentos da Reforma Agrária: 67.588
34)                     Crédito para Agricultura familiar(PRONAF) r$ 2,4 bilões (safra 2002/2003)
LULA- Média anual de Assentamentos da Reforma Agrária: 81.687
Crédito para Agricultura familiar(pronaf)r$ 9 bilões (sara 2005/2006
35)                     Média em % do PIB dos valores transferidos por programas de proteção social: 1,9%
36)                     Valor médio do benefício dos Programas de transferência de renda(pré-Bolsa família): r$ 24,75
37)                     Total transferido por programas de transferência de renda (pré-Bolsa família) em 2002: r$ 2,5 bilhões
LULA- Média em % pib dos valores transferidos por programas de proteção social: 2,58%Valor médio do benefício do Bolsa família: r$ 64,67Total transferido pelo Bolsa família em 2005(até novembro) = r$ 5,9 bilhões.
38)                     Trabalhadores libertados do trabalho escravo entre 1995 e 2002: 5.125
LULA – Trabalhadores libertados do trabalho escravo entre 2003 e2005: 12.110
39)                     Crianças de 5 a 14 anos em situação de trabalho infantil(2001): 2,2 milhões
LULA – Crianças de 5 a 14 anos em situação de trabalho infantil(2004): 1,8 milhões
40)                     FHC – Não existiu nenhum programa
LULA Vagas públicas adicionais em Universidades Particulares (Prouni ): 120 mil/ano, a partir de 2005
41)                     Valor Fundef  x inflação = perda de2%
LULA– Valor Fundef  x inflação = ganho de 26%
42)                     Equipes de Saúde da família 2002:16.698Cobertura populacional: 31,9%
LULA – Equipes de Saúde da família 2005:24.269Cobertura populacional: 43,9%Cobertura do SAMU: 73,7 milhões de pessoas
43)                     Diplomacia externa que pôs o Brasil de joelhos (embaixador brasileiro foi obrigado a tirar os sapatos num aeroporto Americano)
44)                     Entregou o pais com inflação de dois dígitos e dólar a 4,00
45)                     Levou puxão de orelhas de ex-presidente americano, em conferência internacional!